PUBLICIDADE

Responsive image

Jacinto Ferreira

Crônicas, Acontecimentos, Gente

Cadê a Empatia?


Não é fácil ter empatia pela dor alheia. Pra isso, temos que entender e trazer para dentro de si, o mandamento cristão que diz: "Amar ao próximo como a ti mesmo". E isso claro, é bem difícil! 

Como amar a vizinha fofoqueira, o colega de trabalho que nos tenta trapacear, o parente que nos oprime, o pseudo-amigo que nos suga em inveja, ou mesmo, aquela pessoa que simplesmente nosso santo resolveu não bater com o dela?! É barra! 

Se não conseguimos, acho que não vale a pena intoxicar nossos dias,  tentando forçadamente falsamente, imprimir um sentimento que em nós não encontra adubo, capaz de o fazer germinar. 

Peço perdão para em parte reduzir o mandamento cristão que mencionei, mas, vejo que se não conseguimos amar o outro como a nós mesmos, podemos ao menos praticar para com ele, à empatia!

Praticar a empatia é se pôr no lugar do outro, buscar entender o que lhe causa dor e o que o faz ser da forma que é.  Sempre há um motivo, e se há um motivo deve haver também um meandro de compreensão.

Um dia desses morreu um vizinho de rua; nem eu, nem minha mãe tínhamos contato algum com o mesmo, além de cordiais cumprimentações dadas ao acaso. E tal como sempre fez, minha mãe novamente me aconselhou a passar 7 dias corridos sem escutar música em casa, em respeito à dor da família enlutada. Isso é empatia, que por sua vez é civilidade, noção de humanidade, e claramente, valor cristão. 

Ela a cada dia é mais precisa, pois vivemos e sentimos na pele um mundo mal, onde a dor alheia é palco de uma platéia sedenta por mais atrocidades, e minguada generosidade. Onde o aplauso soa falso e a vaia, verdadeira.


Colunas anteriores

O que culturalmente o BR tem e a juventude hodierna não valoriza

Pergunte a um jovem contemporâneo "antenado" se ele já dançou Simonal, leu Drummond, ou se contemplou as curvas arquitetônicas de Niemayer? Se ele já se permitiu rir das tiradas sapientes e apimentadas do Macaco Simão? Se ele sabe onde se formaram as gírias "cara" ou "meu"? Qual relação tem o axé com o Candomblé?  Indague à ele se em algum momento Raul fez ele se sentir meio ateu ou se Coelho já...
Continuar lendo
Data:19/01/2022 16:13

Cadê a Empatia?

Não é fácil ter empatia pela dor alheia. Pra isso, temos que entender e trazer para dentro de si, o mandamento cristão que diz: "Amar ao próximo como a ti mesmo". E isso claro, é bem difícil!  Como amar a vizinha fofoqueira, o colega de trabalho que nos tenta trapacear, o parente que nos oprime, o pseudo-amigo que nos suga em inveja, ou mesmo, aquela pessoa que simplesmente nosso santo resolveu não bater com o dela?! É...
Continuar lendo
Data:12/01/2022 13:56

Se homens olhassem e o Futebol

Se os homens olhassem para as mulheres como eles olham para o Futebol, eles temeriam a falta de avançar o sinal... seria, cartão vermelho.  Se os homens olhassem para as esposas e namoradas como eles olham para o Futebol, eles fariam de tudo pra não ir pro escanteio, por não se dedicar, não correr atrás, não valorizar o "gol de placa" que estava ali, sem força, desobrigado a sua frente. Se os homens olhassem para os filhos como eles...
Continuar lendo
Data:05/01/2022 08:45

PUBLICIDADE

Responsive image
© Copyright 2007-2019 Noca -
O portal da credibilidade
Este site é protegido pelo reCAPTCHA e pelo Google:
A Política de Privacidade e Termos de serviço são aplicados.
Criado por: Desenvolvido por:
Criado por: Desenvolvido por: