PUBLICIDADE

Responsive image

Fábio Kerouac

Um poeta caxiense em Hamburgo

O que é a minha felicidade


"quero lembrar de você
como quem lembra
de um antigo carnaval…

…salve a mocidade independente!"

Lembrei hoje desse poeminha acima que eu disse inúmeras vezes em algumas das minhas performances poéticas nesse mundo de meu Deus! Isto aconteceu ao rever algumas fotos do carnaval de 2008, o meu último em terra brasilis, que passei em Floriano com a minha esposa, a sogra, que tinha vido do Japão, e alguns membros da minha família que moram ali e em Teresina. Em uma das fotos (abaixo) eu estou empunhando uma cerveja alegre como um pinto no lixo.

"Eu já fui muito feliz…", pensei em voz alta e minha mulher desde a sua mesa de trabalho me perguntou:

"O que você disse?"

E eu repeti o que disse com um acréscimo.

"Eu já fui muito feliz com uma cerveja na mão."

"É, mas você já viveu muitas coisas boas, né?", rebateu ela.

Concordei com ela e vi passar na minha memória um filme onde eu estava sempre de mochila nas costas e… bêbado! No Japão, em Paris, em Caxias, em Teresina, em Piripiri, em São Luís, em Sampa, em Bento Gonçalves, em Cracóvia, em Brasília, em Londres, e por aí vai… lembrando dos lugares por onde passei, por onde eu abri uma latinha de cerveja eu reconheço que eu rodei muito pra ser feliz, mas "o que passou passou, não importa, ficou do outro lado da porta, pra nunca mais!"

"É possível ser feliz sem álcool?"

Bárbara Borges diz que sim!

Hoje, às 5h da manhã, antes de sair pro trabalho, li no globo.com que a atriz Bárbara Borges estava celebrando uma data muito especial: ela comemorou estar um ano sem beber! Eu nunca tinha ouvido falar de Bárbara Borges e nem sabia que ela bebia! Mas descobri que ela é uma ex-paquita e que participou de algumas novelas globais. Eu não sabia que ela enchia a cara pra ser feliz, como eu!

Na matéria em que ela comemora o fato de estar sóbria há um ano ela diz que fechou a porta pro álcool e pra tudo que tira a sua consciência. Esta decisão, segundo ela, tem transformando a vida dela e que a vida lhe mostrou novos caminhos. "Amém!"

Eu não sei que caminhos novos a vida mostrou pra ela, mas a saída pro meu problema eu sei de cor! É ter um ticket na mão com destino a algum lugar! É estar pronto pra partir! É estar num corredor de algum aeroporto com a mochila nas costas! É ter essa mochila pronta pra pegar um trem rumo ao sul da Alemanha ou ainda um Flixbus (um ônibus com passagens baratas e internet) pra visitar o casal italiano/caxiense Marcello/Mércia em Bruxelas! Não sei se esse é o "caminho“ certo, mas tenho certeza que me fará feliz na partida… 

Se pode "fugir pra outro lugar, baby?"


Colunas anteriores

Meu livro

Algum idiota, talvez parasita também, teria dito em algum lugar do planeta, em algum momento da história de que o homem pra ser completo ele precisa plantar uma árvore, escrever um livro e ter um filho. Bem… eu não me vejo como um pai e Deus, O Todo Poderoso, notando essa minha aversão à paternidade me livrou desde castigo! Aleluia, irmão! Mas eu plantei uma árvore, ela deve ser uma das árvores pau-brasil que estão...
Continuar lendo
Data:17/09/2019 10:24

O que é a minha felicidade

"quero lembrar de vocêcomo quem lembra de um antigo carnaval… …salve a mocidade independente!" Lembrei hoje desse poeminha acima que eu disse inúmeras vezes em algumas das minhas performances poéticas nesse mundo de meu Deus! Isto aconteceu ao rever algumas fotos do carnaval de 2008, o meu último em terra brasilis, que passei em Floriano com a minha esposa, a sogra, que tinha vido do Japão, e alguns membros da minha família que moram ali...
Continuar lendo
Data:10/09/2019 17:12

Maconha na Garoa

"Me deram um cigarrim pra fumarMenino como eu gostei" Pedra de Responsa (Zeca Baleiro) Essa é um história baseada em pequenos fatos reais... 2019... sempre que vem o dia 7 de setembro eu me lembro dessa data com um certo carinho, não pelo fato de comemorarmos o dia da Independência do Brasil, e sim por me transportar para o ano de 1987, o ano da minha iniciação na cannabis sativa, mais conhecida como maconha. Esse meu primeiro contato com as drogas...
Continuar lendo
Data:03/09/2019 22:53

PUBLICIDADE

Responsive image
© Copyright 2007-2019 Noca -
O portal da credibilidade
Este site é protegido pelo reCAPTCHA e pelo Google:
A Política de Privacidade e Termos de serviço são aplicados.
Criado por: Desenvolvido por:
Criado por: Desenvolvido por: