PUBLICIDADE

Responsive image

Mário Assunção

Juntos pela cidade que a gente quer

Novo pacto federativo


Nas colunas passadas abordei esse tema como necessário para o Brasil voltar a crescer. Eis que hoje a equipe econômica do Governo Federal apresenta ao congresso, de forma concreta, uma proposta de um novo pacto federativo. Dentre os temas abordados, dois chamam bastante atenção.

Com o fim da Lei Kandir, os impostos arrecadados com as exportações passam a compor os fundos de participações dos estados e municípios. Assim, estima-se que em torno de 500 bilhões de reais nos próximos anos serão distribuídos para os estados e municípios, dando um fôlego as cambaleadas, economias dos estados e municípios. Essa é a notícia boa.

A parte ruim é o fim dos municípios com menos de 5 mil habitantes. Essa ação será ruim por provocar aumento da desigualdade social dentro dos municípios, uma vez que os as áreas dos municípios extintos serão absorvidas por municípios maiores vizinhos. Os municípios maiores receberão mais recursos que terão que ser aplicados na sua extensa área territorial que será criada.

Imagine que uma cidade pequena tem seus prefeitos e vereadores tentando, diuturnamente, resolver os problemas dos seus munícipes. Portanto, com o fim dos municípios menores, suas sedes passarão a ser vilas dos municípios maiores, tornando mais distantes os poderes executivos e legislativos e dificultando a resolutividade dos problemas.

Outro viés a ser questionado é a saúde financeira dos municípios maiores que, muitas vezes, já em dificuldade, utilizarão as receitas extras para tentar colocar as contas em dias, deixando o território do município extinto sem suas demandas atendidas.

O Congresso Nacional terá que analisar com muito critério e responsabilidade para tomar uma decisão de grande envergadura. 


Colunas anteriores

A importância do turismo para o desenvolvimento regional

Entre os investimentos que a prefeitura municipal têm feito, destaque para o turismo, com o Natal Iluminado, o Mirante da Balaiada, a Praça da Chapada, a revitalização da Veneza. Isso por que o turismo se constitui num setor importante para o desenvolvimento regional. Pesquisas colocam o turismo como uma fonte potencial de crescimento para a economia, enfocando basicamente as variáveis emprego e renda. Em contraponto a isso, falta investimento da iniciativa...
Continuar lendo
Data:17/01/2020 09:21

Programa Minha Casa é 10

O ano de 2019 chegou ao fim com sinalizações de que a crise financeira que assola o Brasil há anos começa a enfraquecer e que a roda da economia irá rodar com maior força. A decisão do governo federal em dar uma parcela da venda da cessão onerosa do Pré-Sal visa proporcionar aos estados e municípios maior capacidade de investimento. Nesse sentido, de forma acertada, a Prefeitura de Caxias lança o programa de melhoria...
Continuar lendo
Data:10/01/2020 16:11

Ano Novo: 366 novas chances

Mais um ano acabou e o sentimento de dever cumprido bate as nossas portas. Teremos 366 novas chances de fazer tudo dar certo e de alcançar nossos sonhos. É tempo de repensar os caminhos que escolhemos e de planejar cada pequeno acontecimento abençoado que queremos ver realizado em nossa caminhada em 2020. Desejo a você, que quer como eu uma Caxias cada vez melhor, uma Caxias cada vez mais bonita, um ano novo de muita prosperidade!    
Continuar lendo
Data:04/01/2020 20:44

PUBLICIDADE

Responsive image
© Copyright 2007-2019 Noca -
O portal da credibilidade
Este site é protegido pelo reCAPTCHA e pelo Google:
A Política de Privacidade e Termos de serviço são aplicados.
Criado por: Desenvolvido por:
Criado por: Desenvolvido por: